difusão científica Seminários e Agenda Capitais do Urbano

Capitais do Urbano

06/11/2015

O objetivo é refletir coletivamente sobre o tema e gerar um diálogo que possa precisar o papel dos capitais em nossas cidades, ao mesmo tempo que ilumina as especificidades e particularidades de cada um deles.

Fotos do evento:

PÓS-EVENTO

O objetivo do encontro foi  refletir coletivamente sobre o tema e gerar um diálogo que possa precisar o papel dos capitais em nossas cidades, ao mesmo tempo em que ilumina as especificidades e particularidades de cada um deles. Foram apresentados nove trabalhos.

O workshop iniciou  com apresentação de Eduardo Marques (CEM/USP) delimitando conceitualmente os capitais do urbano, seus diferentes tipos e características, e discutindo processos e características que os especificam no caso brasileiro.  aconteceu no CEM/CEPID

Em seguida, Marcos Campos (CEM) analisou a economia política das empresas de limpeza urbana e Samuel Ralize (CEM) investigou o tipo de capital possivelmente menos tematizado pela literatura – as empresas envolvidas com a limpeza urbana. 

Betina Saruê (CEM) discutiu o lugar dos capitais no que classifica como o primeiro grande projeto brasileiro – o Porto Maravilha no Rio de Janeiro. 

A apresentação seguinte, de Magaly Marques (Pós-doutoranda CEM/Fapesp), tratou das empresas de consultoria e gerenciamento, um grupo de capitais muito importante, mas pouco tematizado pelos estudos da área. 

Um grupo final de trabalhos focou os capitais envolvidos com a produção habitacional e a incorporação imobiliária: João Whitaker analisou o capital imobiliário e suas relações com a terra urbana, a localização e as políticas de planejamento e gestão territorial; Luciana Royer (FAU/USP) analisou os processos recentes de financeirização da produção imobiliária e habitacional, com especial destaque ao lugar dos fundos públicos; Lúcia Shimbo (IAU-USP), por fim, investigou o mundo das empresas envolvidas com produção da chamada habitação popular de mercado. 

Em seu conjunto, os artigos apresentados lançam luz em diversas facetas muito pouco exploradas até o momento sobre o tema, relativas em especial às características dos diferentes capitais do urbano e de seus circuitos de valorização, às suas relações com a terra urbana e com o Estado, as políticas públicas e as instituições políticas em geral.  Os resultados deste workshop fazem parte do Dossiê Especial da Novos Estudos Cebrap, n. 105 de julho de 2016

O encontro foi realizado no âmbito do projeto de pesquisa coordenado pelo professor Eduardo Marques: Governança em grandes metrópoles: Paris, Londres e Cidade do México e São Paulo em Perspectivas Comparadas. Web site do grupo: https://politicadourbanocem.wordpress.com/

voltar para seminário e agenda
Apoio
cepid
usp
fapesp
cebrap